Receita de Maria mole – sabor maracujá

Receita de Maria Mole

Essa aqui tem cheiro de infância, trata-se de um doce totalmente brasileiro. Isso mesmo! Hoje vamos de Receita de Maria Mole.

São poucos ingredientes e o processo é bem simples de fazer. Então chame a criançada para ajudar, certamente será bem divertido e renderá muitas risadas!

Agora vamos aos detalhes da receita?

Ingredientes para a Receita de Maria Mole

  • 1/2 Xicara (chá) de suco de maracujá
  • 1 Envelope 12gr de gelatina incolor
  • 2 Xicaras (chá) de açúcar
  • 1/2 Xicara (chá) de água
  • Coco ralado a gosto

Modo de fazer:

Coloque gelatina na água e deixe por 5 min. Então acrescente o açúcar e mexa bem.

Leve ao fogo em banho maria para dissolver tudo, tornando uma mistura homogênea .

Agora coloque tudo na batedeira e bata por 5 min ou até ficar esponjosa .

Coloque em uma vasilha untada leve para gelar.

Então finalize cortando em pedaços e passe no coco ralado.

Curiosidades sobre a origem da receita de Maria Mole

Conta-se que essa receita foi criada por uma escrava no período do Brasil colônia. Acontece que essa mulher tinha um sério problema de saúde e por esse motivo ela se movia lentamente.

Isso era motivo de muito deboche entre as suas colegas na senzala.

No entanto, todo cenário mudou quando o navio que vinha carregado de comida, simplesmente desapareceu no oceano e não chegou ao Brasil.

Esse navio trazia um doce parecido com sorvete que era o preferido das crianças da família real.

Sendo assim, a governanta pediu que todas as escravas tentassem replicar o doce tão amado pela garotada portuguesa. Mas nenhuma das escravas conseguiram agradar com suas receitas.

Sabendo disso, a escrava que trabalhava lentamente foi para cozinha e criou uma receita que foi aprovada e fez a alegria das crianças.

Desta forma, como reconhecimento a família real decidiu então batizar o tal doce com o nome de Maria Mole em homenagem a escrava que o criou.

Mas a história não para por ai. Aconteceu que tal moça morreu muito nova, com apenas 21 anos de idade, após ser acometida por uma tuberculose.

Então dizem que por décadas o fantasma dela era visto a noite na cozinha preparando doces.

Se é verdade ou não nunca saberemos, mas essa foi de arrepiar heim? E para um doce tão brasileiro, não poderia faltar um conto como esse, né?

Assim, de olhos arregalados e cabelos arrepiados terminamos nossa receitinha! haha.

Esperamos que você tenha gostado! Então participe abaixo nos comentários. Nossa equipe vai gostar muito de conversar com vocês!

Mas antes de tudo, não deixe conferir outras receitas. Você também pode gostar de Doce de figo em calda – Delicioso e também Pavê de Abacaxi – Sobremesa fácil e deliciosa.

Te espero no próximo artigo, um abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *