Culinária Indiana

Culinária Indiana: Principais Características e Curiosidades

A Culinária indiana reflete uma história de 8.000 anos de vários grupos e culturas, além de ser conhecida por ser diversa, antiga e rica em tradição. 

A Índia é conhecida por ser um dos maiores países do mundo, mas, na história, lidou com outras culturas e elas também influenciaram a culinária indiana. 

Conhecida por ter os mais variados alimentos. Uma de suas características é o uso sutil e sofisticado de muitos vegetais, grãos, frutas e especiarias que crescem em todo o país. 

Algumas das especiarias mais populares usadas na culinária indiana são: cravo, gengibre, açafrão e coentro. 

Por isso também, que podemos considerar que uma das partes mais centrais da história indiana é a sua maravilhosa culinária. 

Com o tempo, a comida na Índia mudou gradualmente para o vegetarianismo devido às religiões difundidas na região.

Conheça melhor abaixo mais sobre as características principais da culinária indiana.

História da culinária indiana

História da Culinária Indiana
Família Indiana Durante uma Refeição

A culinária da Índia é considerada uma das culinárias mais diversificadas do mundo. 

A imigração extensiva e a mistura de culturas por muitos milênios introduziram muitas influências alimentares e culturais. 

O clima “bipolar” da Índia, que vai do tropical ao frio, disponibilizou uma ampla variedade de ingredientes para as muitas escolas de culinária que existem por lá. 

Em muitos casos, a comida se tornou um marcador de identidade religiosa e social, com vários tabus e preferências.

Um exemplo disso é que um segmento da população jainista não consome raízes ou vegetais subterrâneos, isso levou certos grupos a inovar radicalmente com as fontes alimentares consideradas aceitáveis.

O vegetarianismo a longa data entre as secções da Índia ‘s hindus, budistas e jainistas têm exercido uma forte influência sobre a culinária indiana. 

As pessoas que seguem uma dieta vegetariana rigorosa representam de 20 a 42 por cento da população indiana, enquanto menos de 30 por cento consomem carne regularmente.

Porque a Índia é forte no vegetarianismo?

Culinária Indiana

Por volta de 7000 aC, o gergelim, a berinjela e o gado  foram conhecidos no vale do Indo. 

Muitas receitas surgiram pela primeira vez durante o período védico inicial, quando a Índia ainda estava fortemente arborizada e a agricultura foi complementada com caça e produtos da floresta. 

Nos tempos védicos, uma dieta normal consistia em frutas, legumes, carne, grãos, laticínios e mel.

O antigo conceito hindu de ahimsa, é uma regra de conduta que proíbe a matança ou ferimento de seres vivos, eles acreditam que violência acarreta consequências cármicas negativas, isso levou vários segmentos da população a abraçarem o vegetarianismo.

Essa prática ganhou mais popularidade após o advento do budismo em um clima cooperativo, onde uma variedade de frutas, vegetais e grãos poderia ser facilmente cultivada ao longo do ano. 

Influências de outras culturas na culinária indiana

As invasões posteriores da Ásia Central, Arábia, Império Mughal e Pérsia tiveram um efeito fundamental na culinária indiana. 

A conquista islâmica da Índia medieval introduziu frutas como damascos, melões, pêssegos e ameixas.

Também agregou molhos ricos e pratos não vegetarianos, como kebabs, dando origem à culinária Mughlai (origem Mughal). 

Os mongóis eram grandes patronos da culinária; pratos luxuosos foram preparados durante os reinados de Jahangir e Shah Jahan. 

Por lá também é famoso o Hyderabadi biryani é uma refeição comemorativa tradicional feita com carne de carneiro ou cabra, arroz basmati, iogurte, cebola e especiarias.

Essa é considerada por muitos conhecedores como o melhor dos pratos principais da Índia.

A influência de comerciantes árabes e portugueses resultou em gostos e refeições subcontinentais diversificados. 

Legumes do novo mundo, como tomate, pimentão, abóbora e batata, que foram introduzidos durante o século XVI, tornaram-se alimentos básicos da culinária indiana. 

Os britânicos introduziram receitas europeias e técnicas de culinária como assar.

Características da culinária indiana

Os alimentos básicos da culinária indiana são:

  • Arroz
  • Atta (farinha de trigo integral)
  • Masoor (lentilha vermelha)
  • Chana (grama de bengala)
  • Toor (ervilha de pombo ou grama amarela)
  • Urad (grama preta)
  • Mung (grama verde)

Em sua maioria os carry indianos são fritos em óleo vegetal. 

No norte e oeste da Índia, o óleo de amendoim tem sido tradicionalmente o mais popular para fritar, enquanto no leste da Índia o óleo de mostarda é mais comumente usado. 

Já no sul da Índia o óleo de coco e o óleo de gergelim são comuns. 

Nas últimas décadas, o óleo de girassol e o óleo de soja ganharam popularidade entre os indianos. 

O óleo vegetal hidrogenado, conhecido como Vanaspati ghee, também é um meio de cozimento popular que substitui Desi ghee (manteiga clarificada).

As especiarias mais importantes e usadas com mais frequência na culinária indiana são:

Especiarias da Culinária Indiana
Mulher Indiana Preparando Especiarias
  • Pimenta
  • Mostarda preta (rai)
  • Cominho (jeera)
  • Açafrão (haldi, manjal)
  • Feno-grego (methi)
  • Asafoetida (hing, perungayam)
  • Gengibre (adrak, inji)
  • Alho (lassan, poondu)

As misturas populares de especiarias são: o garam masala, que geralmente é um pó de cinco ou mais especiarias secas, comumente compostas de cardamomo, canela e cravo. 

Cada região tem sua própria mistura de Garam Masala. Goda Masala é uma mistura popular de especiarias em Maharashtra. 

Algumas folhas como tejpat (folha de cássia), folha de coentro, folha de feno-grego e hortelã são comumente usadas. 

Curiosidades da culinária indiana

Conheça abaixo algumas curiosidades sobre a culinária indiana:

  1. A Índia é justamente chamada de Terra das Especiarias. Nenhum país do mundo produz tantas variedades de especiarias quanto a Índia.
  2. Comerciantes gregos, romanos e árabes contribuíram muito para os primeiros sabores estrangeiros da culinária indiana. 
  3. Os principais ingredientes utilizados na culinária indiana, como batata, tomate e pimenta, não têm origem indiana. Eles foram trazidos para a Índia pelos portugueses.
  4. O primeiro restaurante indiano nos EUA foi aberto em meados da década de 1960. Hoje, existem cerca de 80.000 restaurantes indianos na América.
  5. Pouco se sabe sobre os hábitos alimentares da primeira civilização indiana, (a Civilização do Vale do Indo), porque o idioma antigo ainda não foi decifrado.
  6. A pimenta é conhecida como o rei das especiarias, porque combina bem com tudo. 
  7. O sistema alimentar indiano classifica os alimentos em três categorias – saátvico (legumes frescos e suco), raajsic (comida oleosa e picante) e taamsico (carne e licor).
  8. O alimento saátvico leva você à estados mais elevados de consciência. O alimento raajsic é a base da atividade e do movimento. A comida taamsica traz sentimentos negativos.

Pratos típicos da culinária indiana

Conheça agora alguns dos principais pratos típicos da culinária indiana:

Alu Gobi

Alu Gobi - Culinária Indiana
Alu Gobi

Alu Gobi é um prato seco feito com batatas (aloo), couve-flor (gobi) e especiarias indianas. 

É de cor amarelada, devido ao uso de açafrão, e ocasionalmente contém folhas de kalonji e curry. 

Outros ingredientes comuns incluem alho, gengibre, cebola, talos de coentro, tomate, ervilha e cominho. 

Tudo isso resulta em um dos pratos mais populares encomendados em restaurantes indianos.

Frango com manteiga

Culinária Indiana
Frango na Manteiga

O frango com manteiga é tradicionalmente cozido em um tandoor; mas pode ser grelhado, assado ou frito em preparações menos autênticas. 

O molho é feito aquecendo primeiro o tomate, o alho e o cardamomo frescos; depois, o chef adiciona manteiga, Khoa e várias especiarias.

Geralmente também inclui asafoetida, cominho, cravo, canela, coentro, pimenta, feno-grego e creme de leite fresco. 

Rogan josh

Rogan Josh
Rogan Josh

Rogan Josh (ou roghan Josh) é um item básico da culinária da Caxemira: originalmente foi trazido para a Caxemira pelos Mughals. 

É um dos pratos principais da refeição de vários pratos da Caxemira (o “Wazwan”). 

Consiste em pedaços de cordeiro assados ​​cozidos com um molho à base de cebolas ou chalotas douradas, iogurte, alho, gengibre e especiarias aromáticas (cravo, louro, cardamomo e canela). 

Sua cor vermelha brilhante característica vem tradicionalmente de quantidades liberadas de pimentões secos da Caxemira.

Esses pimentões são consideravelmente mais suaves do que os típicos pimentões da culinária indiana. 

É um prato suave o suficiente para ser apreciado pelos paladares ocidentais que podem não ser bons apreciadores de sabores picantes. 

Se você gosta de cordeiro, este é um prato obrigatório.

Frango Tandoori

Frango Tandoori, um prato popular do norte da Índia que consiste em frango assado preparado com iogurte e especiarias. 

O nome vem do tipo de forno no qual o prato é tradicionalmente preparado. O tandoor é um forno cilíndrico e feito de barro 

Forno Tandoor
Forno Tandoor

O frango é marinado em iogurte e temperado com a mistura de especiarias e tandoori masala. 

A pimenta caiena, pimenta vermelha em pó ou pimenta em pó da Caxemira são usadas para dar um tom vermelho e sabor ardente. 

Este prato combina muito bem com arroz basmati e naan crocante.

Malai kofta

Malai Kofta - Culinária Indiana
Malai Kofta

Malai Kofta é uma alternativa vegetariana saborosa, que é cozido em um molho cremoso feito de tomates e castanhas de caju. 

Malai na verdade significa “creme”. O kofta e o molho literalmente derreterão na boca. Um prato celestial que vai muito bem acompanhado com arroz.

Assim, essas são algumas das principais características, curiosidades e pratos típicos da culinária indiana, uma das mais ricas do mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *