Culinária Brasileira

Características da Culinária Brasileira

A culinária brasileira é resultado de uma combinação de tradições e heranças culturais de diferentes povos, que por algum motivo se encontraram por aqui e dai surgiu uma culinária única e deliciosa! 

Originalmente, a comida do Brasil foi criada pelos indígenas nativos, que deram a maioria das principais raízes da gastronomia atual do país.

Quando os portugueses colonizaram o Brasil, sua gastronomia se misturou aos pratos tradicionais indígenas. 

Então, durante os tempos de escravidão, os africanos trouxeram também sua gastronomia para o Brasil, acrescentando-a combinação da culinária indígena e portuguesa. 

Confira abaixo algumas das principais características da culinária brasileira, um pouco da sua história, curiosidades e pratos típicos.

História da culinária brasileira

A história da culinária brasileira é um caldeirão de culturas e tradições que se fundiram com o tempo nos pratos que vemos hoje. 

O Brasil é um país constituído por pessoas com formação cultural diversificada; todas as regiões do são conhecidas por uma especialidade alimentar específica.

Antes da chegada dos europeus ao Brasil, o país era habitado pelos grupos: Tupi Guarani e outras tribos indianas. 

Essas tribos cultivavam mandioca e dela aprenderam a fazer pratos como tapioca e farofa. A mandioca também é moída para ser misturada com migalhas de pão. 

Mandioca - elemento essencial para a culinária brasileira
Mandioca Brasileira

Os derivados da mandioca, como a Farofa, são cozidos em óleo e manteiga e depois polvilhados sobre peixe, carne, feijão e arroz. 

Atualmente, a farinha de mandioca é amplamente utilizada como substituto da farinha pela maioria das famílias brasileiras, especialmente na Bahia. 

Essa farinha de mandioca é usada para fazer bolos, como pão, biscoitos e biscoitos.

Quando os portugueses chegaram ao Brasil, trouxeram consigo sua rica cultura alimentar e o país foi apresentado a diferentes gostos e estilos de culinária. 

Sua influência incluiu a introdução de doces, frutas e açúcar na culinária local, usada principalmente para sobremesas e ocasiões especiais. 

Essa preferência por doces foi desenvolvida e nutrida quando outros europeus chegaram e introduziram suas receitas para doces e outros pratos. 

Outras culturas presentes na culinária brasileira são a culinária árabe, alemã e japonesa. Os imigrantes italianos também são conhecidos por trazer seus famosos pratos para o Brasil. 

Quando os escravos africanos foram trazidos para o país, eles também contribuíram muito significativamente para a rica cultura alimentar com seus pratos tradicionais que eles conheciam.

Características marcantes da culinária brasileira

A culinária e os métodos culinários são notavelmente diferentes no Norte e na Amazônia, refletindo a herança Ameríndia. O peixe é muito importante e é a base para ensopados e sopas. 

Um prato extremamente popular no nordeste brasileiro é o pato no tucupi, pato assado marinado em suco de limão, óleo e alho e coberto com um molho feito de extratos de suco de mandioca e folhas de jambu.

Pato no Tucupi
Pato no Tucupi

A comida do nordeste do Brasil é fortemente influenciada pela culinária africana

Um prato típico é o vatapá, uma pasta cremosa feita de pão, camarão, leite de coco, amendoim moído finamente e óleo de palma.

O Nordeste também tem bastante importância nas tradições brasileiras, como a festa junina que tem grandes eventos por lá e é uma festa cheia de pratos deliciosos e inconfundíveis.

No sul do Brasil, a carne vermelha aparece muito na culinária, sendo o churrasco aqui originário.

Curiosidades sobre a culinária brasileira

Confira algumas das principais curiosidades sobre a culinária brasileira:

  • A Feijoada é a comida mais famosa do Brasil. 
  • O Bacalhau, mesmo sendo de origem portuguesa também lidera o ranking de prato mais famoso no Brasil.
  • O Brasil é o maior produtor de cana de açúcar, café e carne bovina.
  • O Brasil produz mais laranjas do que qualquer outro país.
  • A mandioca é nativa da América do Sul, na Bacia Amazônica do Brasil, e foi uma das primeiras plantas cultivadas no hemisfério ocidental.
  • Mandioca originária do Brasil. No século XVI, os marinheiros portugueses o trouxeram para a África, que agora produz mais de 50% do suprimento mundial de mandioca.
  • Dendê é um óleo de palma laranja que é semi-sólido à temperatura ambiente, pois é rico em gordura saturada. E é muito popular por aqui e é usado tanto pela cor quanto pelo sabor.

Pratos típicos da culinária brasileira

Alguns dos pratos típicos da culinária brasileira são:

Churrasco

Churrasco - Culinária Brasileira
Churrasco bem Brasileiro

Brasil e Argentina afirmam ser os reis do churrasco da América do Sul. 

E, embora cada país adote uma abordagem diferente para assar a sua carne, dos cortes aos acompanhamentos.

Algumas coisas permanecem as mesmas, a saber, as quantidades de carne do tamanho, mais apreciadas em ritmo lento e com uma faixa elástica.

No Brasil, os cortes geralmente são de picanha e alcatra. Temperados com apenas sal grosso, antes de serem grelhados com perfeição sobre a grelha ou espeto sobre o carvão.

Pode ser feito também com madeira, se você deseja fazer o Churras “a moda antiga” ou a maneira sulista. 

Nos churrascos caseiros temos salsichas, queijo coalho e corações de frango dividindo espaço na churrasqueira.

Enquanto nas churrascarias temos todo tipo de carne no espeto, de porco a cordeiro e javali.

Moqueca

Moqueca de Camarão - Prato típico Brasileiro
Moqueca de Camarão

Mais do que um mero ensopado de peixe, a moqueca é servida com floreio teatral, enquanto a panela quente de barro é descoberta à mesa em meio a nuvens de vapor perfumado. 

Baianos e Capixabas já reivindicam as origens do prato e servem variações igualmente saborosas. 

Na sua forma mais simples, peixe e ou outros frutos do mar são cozidos em tomates, cebolas e coentros em cubos. 

Os Capixabas adicionam sementes de urucum para um corante natural vermelho, enquanto os Baianos servem uma versão mais pesada, feita com óleo de palma, pimentão e leite de coco. 

Ambos vêm sempre acompanhado de arroz, farofa e pirão.

Cachaça

Cachaça Brasileira
Cachaça Brasileira – Além da Caipirinha é Muito utilizada em Diversas Receitas

Datada dos anos 1500, a cachaça é feita a partir de suco de cana fermentado. É também conhecida como “o chote de fogo” nas caipirinhas, o coquetel nacional do Brasil. 

As caipirinhas geralmente são feitas com cachaças incolores e não envelhecidas,

Mas, existem milhares de variedades douradas disponíveis, envelhecidas em barris de madeira e são saboreadas diretamente pelos aficionados.

Brigadeiros

Brigadeiro de Chocolate
Doce Mais Amado do Brasil

A nossa resposta à trufa de chocolate, os brigadeiros são tão simples de fazer que, literalmente, são lançados para festas infantis em todo o país. 

As bolinhas doces são feitas com leite condensado com cacau em pó, mexendo na manteiga e moldando a mistura em bolas antes de rolar em granulado de chocolate. 

Pão de queijo

Pão de Queijo
Vai Muito Bem com um Café Fresquinho

Queijo e pão – dois favoritos do mundo inteiro – são reunidos em gloriosa união no pão de queijo, um lanche saboroso e apreciado a qualquer hora do dia. 

Muito comuns em Minas Gerais, há quem diga que esse delicioso pão é nascido em berço mineiro. Pois, de Minas saem os melhores e mais gostoso pães de queijo.

Crocantes por fora e macios e ​​por dentro, os pães sem glúten são feitos com Polvilho de Mandioca, ovos e queijo minas curado ralado.

São enrolados em bolinhas, e levados ao forno para assar. 

Acarajé

Acarajé - Culinária Brasileira do Nordeste
Oxé!

Apesar de ser um pouco calórico, este é um dos lanches de rua saborosos do Brasil, o acarajé é um empadão de feijão preto frito.

O prato teve origem na Bahia, no nordeste brasileiro, onde os sabores têm raízes fortes na culinária africana. 

Acarajé é ainda melhor quando servido bem quente, com uma pitada liberal de molho de pimenta. 

Açaí

Açaí Brasileiro
Açaí – Refrescante e Saudável

De todas as frutas da Amazônia, o açaí é talvez o mais conhecido, graças ao seu status de superalimento. 

Tradicionalmente consumido pelas tribos indígenas como fonte de energia, a baga roxa também é usada na culinária amazônica como molho para acompanhar peixes. 

Uma inteligente campanha de marketing nos anos 80 lançou-a no centro das atenções como o lanche energético preferido dos surfistas no glamouroso Rio de Janeiro. 

Servido como sorvete gelado, às vezes coberto com granola e fatias de banana, ou misturado com sucos, pode ser encontrado em todos os cafés, padarias, bares e supermercados de todo o país. 

Feijoada

Feijoada
Feijoada Brasileira

Um dos poucos pratos consumidos em toda a extensão brasileira, a feijoada é um ensopado saudável de feijão preto, linguiça e cortes de carne de porco variados.

Tradicionalmente voltados para a extremidade inferior, com orelhas, rabo e pé, todos entrando na mistura. 

Um trabalho de amor, a feijoada feita à moda antiga leva até 24 horas para ser feita, incluindo a imersão do feijão e a dessalinização da carne de porco. 

A maioria dos brasileiros vai a restaurantes e bares para comer feijoada, e é tradicionalmente consumida as sextas e sábados (pode variar conforme a região). 

Arroz, couve, fatias de laranja, farofa e raspas de porco são servidos ao lado, juntamente com uma cachaça para facilitar a digestão.

Assim, essas são algumas das principais características, curiosidades e pratos típicos da nossa amada culinária brasileira.

Gostou de saber essas curiosidades? Então deixe seu comentário abaixo e não esqueça de compartilhar em suas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *